Archive for the ‘Pensamentos’ Category

h1

Mãe!!! Feliz Dia das Mães!!!

08/05/2011

Eu sei que dia das mães é todo dia, não é mesmo…. afinal o dia todo é mãe para cá, mãe para lá… Mããããeeee…. hihihi!

O que seria de nós sem ela, não é mesmo!

Então,  hoje, nesse dia dedicado a ela gostaria de deixar aqui a minha homenagem à todas as mãe… e, principalmente a minha!

Mãe te amo!

Eu e minha mamis linda!

Anúncios
h1

Texto muito bom: FIM

03/09/2010

Hoje li um texto que me deixou intrigada… muito  bom, escrito pelo meu amigo Ricardo Fernandes em seu blog Cultuando o Acaso, e decidi compartilhar com vocês!

Fim

– Você já sentiu vontade de voar Toni?
– É muito alto Valéria, melhor descermos.
– Chamei você, pois pensei que tinha coragem.
– Eu acho que não tenho mais.
– Você não pode desistir agora. Estamos perto do melhor final de todos. Um final que poucos conhecem. Vamos, você primeiro.
– Por que eu?
– Porque você é o homem.
– Você nunca ligou pra essas coisas. Como saberei que terá coragem também?
– Você sabe.
– Não sei.
– Toni, já faz um ano que tivemos nossa primeira conversa. Você sabe coisas que nunca contei pra ninguém. Sua vida é tão insignificante quanto a minha. Seus pais não gostam de você. Eu não tenho pais. Seremos lembrados e todos aqueles que um dia nos chamaram de covardes se arrependerão.
– Você é louca.
– Você é um covarde.
– Eu vou embora, prefiro passar o resto da minha vida vivo, do que ser lembrado como o louco que pulou.
– Você vai passar o resto de sua miserável vida lembrando desse dia. Vai dormir todas as noites pensando no quão covarde foi de ter me deixado ir sozinha.
– Eu vou embora.
– Toni, eu amo você. Vem comigo.

Por um momento Toni sentiu uma forte dor. Nunca antes na vida tinha ouvido essa frase. Com o coração apertado, chorou. Seria verdade?

– Eu também amo você, Valéria.
– Então venha comigo.
– Vamos desistir? Vamos viver uma vida. Vamos embora dessa maldita cidade. Vamos?
– Me beija.

O primeiro beijo de Toni teria sido inesquecível.

Os lábios no limiar do toque se afastaram tão depressa que não houve tempo para um entendimento. Toni morreu sem o beijo. Morreu durante a queda. Morreu no chão. O abismo agora o separava da única pessoa que confiou um dia. Sozinho.

Valéria assistiu a cena sem esboçar reação. Toni caiu sem hesitar. A relação dos dois terminou de uma maneira cruel. Valéria não teve coragem de pular. Sua vida agora tinha um sentido. Viver como uma assassina era mais interessante do que morrer como uma covarde.

h1

É… Eu Amo noite e Dia

20/08/2010

Sabe aquele dia que tudo se resuma a uma única coisa!

Hoje todos os detalhes me faziam lembrar uma única coisa e uma única pessoa!

É aquele dia que você recebe a melhor notícia… ouve as melhores palavras, ditas da melhor forma, então foi hoje!

Num adianta “Tem um pedaço do meu peito bem colado ao teu! Alguma chave algum segredo que me prende ao seu! Um jeito perigoso de me conquistar! Teu jeito tão gostoso de me abraçar!

Eu realmente precisava escrever esse post para espressar esse sentimento que tomou conta de mim hoje… e nada melhor que as palavra dessa canção para expressar toda essa alegria!

Resumindo esse momento: Ficar ao lado de quem você realmente ama “para sempre”: NÃO TEM PREÇO!

Di… Te Amo! 😉

h1

Minha estrela

14/07/2010



É… às vezes me sinto como num céu nublado, sabe aqueles que você não consegue avistar nenhuma estrela, parece que elas foram embora, desapareceram!

Então, mas no fundo, no fundo, você sabe que elas estão ali, escondidinhas, e quando toda aquelas nuvens negras se forem, elas retornarão com toda luz e intensidade.

Nas noites sem céu estrelado é como se eu perdesse meu rumo, pois não há estrelas para me guiar. Elas se escondem, mas não adianta, no fim sei que vou encontrá-las novamente!

O dia passa a noite chega e se num vejo minha estrela… fico assim!!! 😦

É, vocês devem estar pensando, nossa que chato isso, realmente é só mais um desabafo de quem luta por uma estrela radiante no céu!

h1

Temos o que “realmente” merecemos?

02/06/2010

O que temos? O que almejamos? Pensamos em tantas coisas, buscamos tantas coisas, mas quem valoriza? Como diz minha amiga Sofia, “cada um tem o que merece”, mas será que merecemos só o que temos?

Na verdade, as pessoas não valorizam o que somos, o que temos e o que buscamos, nem se quer sabem o que buscamos e nem têm o interesse em saber. É assim que as coisas vão acontecendo…

É vivemos em meio a muitas pessoas, algumas certos dias são melhores amigas, em outros nem nos olham nos olhos… e assim caminha a humanidade… Os verdadeiros amigos dá para contar nos dedos das mãos…

Eu nesse momento busco algumas coisas, algumas que estão fora do meu alcance e de que adianta, se quem está a minha volta pouco sabe quem sou, de onde vim e para onde pretendo ir, bom acho que já filosofei um pouco de mais hoje, desabafei…

Na real o que acontece é que temos o que podemos ter o que está no alcance de nossas mãos (e bolso), infelizmente, para a gente ter o que merecemos seria preciso uma união, e para se unir é preciso confiança, isso é difícil de encontrar, afinal é fácil ser falso e muito difícil ser amigo, pois em uma amizade é preciso cumplicidade e companheirismos, e isso você não encontra em qualquer esquina, às vezes está do seu lado (é preciso procurar).

Então não temos o que merecemos, precisamos de mais perseverança e bons amigos para conseguir o que a gente “realmente merece”.